Aconteceu...Notícia Local

Entrevista com o PM Jarbas Alves, instrutor do PROERD desde 2006 e que já formou mais de 2.274 alunos no Alto-Solimões

 

Portal Tabatinga: O QUE É O PROERD?

JARBAS ALVESː É a sigla do Programa Educacional de Resistência as Drogas e a Violência, foi criado por duas professoras pedagogas do Distrito Escolar da cidade de Los Angeles (Estados Unidos) no ano de 1983 com a sigla D.A.R.E. (DRUG ABUSE RESISTANCE EDUCATION) e apresentado ao departamento de Polícia.

Esse trabalho de Prevenção primária é realizado pela POLÍCIA MILITAR DO AMAZONAS por intermédio do 8° BATALHÃO nas Escolas de Tabatinga, consiste em um esforço cooperativo dos Policiais Militares formados pelo Programa, dos Educadores, da participação mais atuante dos Pais e da Comunidade para oferecer atividades educacionais em sala de aula, a fim de prevenir ou reduzir o uso de drogas e a violência entre crianças e adolescentes. A ênfase deste programa está em auxiliar os alunos a reconhecerem e resistirem às pressões diretas ou indiretas que os influenciarão a experimentar álcool, cigarro, maconha, inalantes ou outras drogas ou mesmo se engajarem em atividades violentas ou aquelas relacionadas ao descumprimento das leis.

O InstitutoNacional de Estudo sobre Abuso de Drogas – NIDA, um dos maiores centros de pesquisa sobre álcool e drogas, confirma o PROERD como sendo um dos mais eficazes modelos de prevenção às drogas do mundo.

No Brasil o programa iniciou-se no Rio de Janeiro em 1992 e foi se expandindo para outros Estados. Chegou ao Estado do Amazonas em 2002 e em Tabatinga no mesmo ano com o primeiro instrutor PROERD, O SAUDOSO POLICIAL MILITAR JAIR MARTINS. No Brasil, tamanha foi à aceitação por parte das escolas e comunidade, que atualmente o programa já atende todos os estados brasileiros, seja em escolas públicas ou privadas.

Durante esses dez anos de atuação, já passaram pelo CURSO DO PROERD no Amazonas, cerca de 350.000,00 (trezentos e cinquenta mil) crianças, adolescentes e famílias.

 
Portal Tabatinga: QUANTOS ALUNOS JÁ FORAM FORMADOS PELO PROGRAMA EM TABATINGA?

 JARBAS ALVESː Desde o inicio do PROERD em Tabatinga no ano de 2002, já foram certificados cerca de 4.700 (quatro mil e setecentos) alunos e em 2012 formamos a primeira turma do CURSO PROERD PAIS, onde cerca de 40 (quarenta) pais se voluntariaram para receberem informações relevantes sobre drogas onde o assunto é tratado de forma clara e de fácil entendimento para capacitar os pais ou responsáveis identificar as características do uso abusivo de drogas e formas para dialogar abertamente com seus filhos sobre os perigos e consequências nefastas para a família. Importante ressaltar que o SD PM GLEBYSON BARBOSA foi o precursor do CURSO para os pais aqui em Tabatinga e esperamos aplicar o referido curso no próximo ano em nossas instalações no Quartel da Polícia Militar onde localiza-se a sede do PROERD na Região Oeste do nosso Estado.

Portal Tabatinga: QUAL A PERSPECTIVA PARA O ANO DE 2013?

JARBAS ALVESː Bom, já iniciamos o cronograma de trabalho para o próximo ano e além da continuidade mais abrangente do CURSO PROERD PAIS, também aplicaremos o CURRICULO PROERD PARA O 7° ANO,para os jovens na faixa etária de 12 a 14 anos ou mais, ou seja, os alunos formados em 2011 no Proerd, receberão reforço das informações a respeito das drogas, sendo uma conversa mais dinâmica e aberta sobre vários assuntos que pressionam os jovens a se envolverem em atos de violência.

 
Portal Tabatinga: COMO É SELECIONADO O POLICIAL PARA SER INSTRUTOR DO PROERD?

JARBAS ALVESːPara ser um Instrutor do PROERD o policial primeiramente tem que ser voluntário, ter uma formação de no mínimo 2º Grau (ensino médio), experiência em educação e não possuir vícios e ainda realiza um teste ou prova objetiva de Língua Portuguesa e uma Redação, após essa preliminar, ele passa por rigoroso teste de aptidão, realizado por Pedagogos, Psicólogos e Assistentes Sociais. Sendo apto nesta etapa o Policial Frequenta um Curso de Instrutores PROERD com duração de 80(oitenta) horas aulas com dedicação exclusiva. Curso este ministrado por profissionais da área de Pedagogia, Psicologia, Toxicologia, Advocacia, e também por Policiais Mentores do PROERD doAmazonas e outros Estados. Durante o curso o policial é avaliado constantemente pela equipe de profissionais, que acompanham a todo o momento seu desempenho, atitude e aptidão para que venha a ser um Instrutor do PROERDnos padrões Internacionais do Programa.Sendo aprovado, o Policial recebe o certificado de instrutor do Proerd.

Em nossa cidade apenas dois policiais militares possuem o CURSO DE INSTRUTOR D.A.R.E/PROERD-AM, eu SD PM JARBAS ALVES e o SD PM GLEBYSON BARBOSA que também é professor da rede estadual de ensino.

 

Portal Tabatinga: QUAIS OS BENEFICIOS OBSERVADOS PELO PROERD AQUI EM TABATINGA?

JARBAS ALVESː São diversos, mais podemos relacionar os fundamentais. 

  • “Humaniza” a ação policial militar, momento em que os jovens se referem aos Aplicadores da Lei de forma pessoal.
  • Permite aos estudantes enxergarem os policiais como servidores, não apenas como Aplicadores da Lei.
  • Estabelece uma linha de comunicação entre os Aplicadores da Lei e a Juventude.
  • Os policiais servem como vetores de informações qualificadas e de políticas públicas de prevenção ao consumo de drogas.
  • O Proerd abre um diálogo permanente entre a Escola, a Polícia e a Família, para discussão do fenômeno “drogas”.

 JARBAS ALVESːConsiderando-se, ainda, que a filosofia do Programa prevê o direcionamento de ações a toda comunidade escolar e, de forma especial, aos pais e responsáveis promovendo uma reflexão sobre a importância da família como ambiente primeiro da prevenção, pode-se afirmar que o Proerd tem se tornado instrumento fundamental para a integração das famílias no processo educacional, no qual o diálogo torna-se proposta prioritária para a melhoria da qualidade de vida de nossas crianças.

 

Portal Tabatinga: É UMA FORMA DE DEIXAR A POLÍCIA MAIS POPULAR E ASSISTENCIALISTA?

JARBAS ALVESːÉ preciso deixar claro que “Polícia Popular” não tem o sentido de ASSISTÊNCIA POLICIAL, mas sim o de PARTICIPAÇÃO SOCIAL. Nessa condição entendemos que todas as forças vivas da comunidade devem assumir um papel relevante na sua própria segurança e nos serviços ligados ao bem comum. Acreditamos ser necessária esta ressalva, para evitar a interpretação de que estejamos pretendendo criar uma nova polícia ou de que pretendamos credenciar pessoas extras aos quadros da polícia como policiais assistencialistas.

A nossa pretensão é procurar congregar todos os cidadãos da comunidade através do trabalho da Polícia, no esforço da segurança.

O policial é então, uma referência muito cedo internalizada entre os componentes da personalidade. A noção de medo da polícia, erroneamente transmitida na educação e às vezesna mídia, será revertida desde que, o policial se faça perceber por sua ação protetora e amiga.

O espírito de Polícia de Participação Social que apregoamos se expressa de acordo com as seguintes ideais:

  • A primeira imagem da POLÍCIA é formada na família;
  • O POLICIAL, junto à comunidade, além de garantir segurança, deverá exercer função didático-pedagógica, visando a orientar na educação e no sentido da solidariedade social;
  • A expectativa da comunidade de ter no policial o cidadão íntegro, preparado, homem interessado na preservação do ambiente, no socorro em calamidades públicas, nas ações de defesa civil, na proteção e orientação do trânsito, no transporte de feridos em acidentes ou vítimas de delitos, nos salvamentos e combates a incêndios;

 

 Portal Tabatinga: DEIXE UMA MENSAGEM AOS PAIS:

JARBAS ALVESːPor importante os pais ou responsáveis entenderem que os jovens quando encontram compreensão, no lugar de repressão, podem adquirir confiança nos pais e educadores e terão mais facilidade para escapar do aprisionamento das drogas.                     

 

SD PM JARBAS ALVES é soldado da Polícia Militar do Amazonas da turma de 2004, é instrutor do DARE/PROERD desde 2006 e já formou mais de 2.274 alunos no Alto-Solimões já realizou mais de 100 palestras de Prevenção às Drogas e entre os diversos cursos destacam-se: Curso de extensão Universitária “Prevenção ao uso indevido de drogas – Capacitação para Conselheiros e Lideranças Comunitárias” – Universidade Federal de Santa Catarina, Curso de “Treinamento em Extensão Universitária de Redução da Demanda de Drogas e da Violência” – Universidade Nilton Lins/Secretaria de Estado da Segurança Pública- SSP/AM; Curso de Policiamento Comunitário Escolar e Curso de Concepção e Aplicação do Estatuto da Criança e do Adolescente pela Secretaria Nacional de Segurança Pública com Cidadania/SENASP.

Related Articles

Deixe uma resposta

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker