Política

Chegará em Tabatinga e mais 16 municipios do interior o Ronda no Bairro

Os municípios de Iranduba e Manacapuru, na Região Metropolitana de Manaus, serão os primeiros do interior a ter a cobertura do Ronda no Bairro. Em Iranduba, que está se preparando para receber o projeto piloto do programa, o Governo do Estado acaba de formar 60 policiais e já está em andamento uma segunda turma de policiais civis e militares que irão receber treinamento dentro da filosofia do programa.

Ao mesmo tempo, iniciaram as tratativas para realização, ainda este mês de março, da capacitação em Manacapuru e a elaboração de um cronograma para os demais municípios, o que deverá ocorrer entre março e dezembro de 2013, segundo informações do secretário executivo do Ronda no Bairro, tenente-coronel Amadeu Soares. De acordo com o planejamento, o programa será implantado por etapas. “Faremos o piloto em Iranduba e depois expandiremos para Manacapuru, para, em seguida, partimos a Coari, Tefé e Tabatinga, no Solimões, e assim sucessivamente”, declarou o secretário.

O programa de capacitação continuada para o interior inclui 16 cursos. Além das disciplinas comuns, aplicadas na formação dos policiais do Ronda no Bairro na capital, o treinamento no interior é adaptado à realidade dos municípios amazonenses, incluindo curso de Policiamento Ambiental, Policiamento Fluvial e Desenvolvimento Local.

Em 2013, o governador Omar Aziz pretende levar o Ronda no Bairro a 12 municípios do interior. Além dos cinco já citados, também serão contemplados neste primeiro momento Itacoatiara e Parintins, no rio Amazonas; São Gabriel da Cachoeira, na região do rio Negro; Humaitá, no rio Madeira; Eurunepé, no Juruá, Lábrea e Boca do Acre, no Purus. “Enquanto concluímos o treinamento da segunda turma de Iranduba, vamos partir para Manacapuru”, observa Amadeu Soares.

Com a implantação nestes municípios, serão mais 685.605 cidadãos atendidos pelo programa Ronda no Bairro. Aspectos sociais, econômicos, populacionais, malha fluvial e posição geográfica no que tange à fronteira, divisa, ou estar situado na Região Metropolitana, foram levados em consideração na escolha dos municípios prioritários. Os estudos de georreferenciamento vêm sendo realizados em parceria com a Secretária Estadual de Planejamento e Desenvolvimento Econômico (Seplan).

Obras – O governador Omar Aziz também autorizou a realização de obras de reforma e ampliação das sedes das unidades de policiamento nos 12 municípios para transformá-las em Distritos Integrados de Policia (DIP), nos moldes das unidades da capital, nas quais as polícias Civil e Militar trabalham integradas. “Estamos trabalhando nos projetos dessas unidades para, em seguida, encaminhá-los à licitação”, afirmou o secretário.

Cerca de R$ 100 milhões devem ser investidos nas obras e mobiliários e equipamentos para o interior este ano. Os recursos também serão aplicados na locação de viaturas, aquisição de motocicletas e embarcações; aquisição de armamento, munição e material tático operacional; capacitação e formação continuada de policiais; equipamentos e serviços de tecnologia da informação e de comunicação de dados; implementação de programas sociais (Formando Cidadão, Proerd, Previne, Procyon, Provida e Ame a Vida); e implantação de solução de radiocomunicação.

Inovações para o Interior – Com o Ronda no Bairro, o policiamento comunitário será intensificado, através da presença constante dos policiais nas comunidades ribeirinhas, visitando os residentes locais, com o objetivo de identificar, analisar e resolver problemas das comunidades. Neste tipo de policiamento serão utilizadas lanchas de patrulhamento fluvial para as unidades dos municípios. O objetivo é facilitar a penetração nas comunidades onde o acesso é feito exclusivo por via fluvial.

Agência de Comunicação do Amazonas

Related Articles

Deixe uma resposta

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker