Política

Governo pretende entregar 70 mil equipamentos a pessoas com deficiência

O Governo do Amazonas vai ampliar, este ano, a oferta de equipamentos de auxílio a pessoas com deficiência. No ano passado, por meio do Programa de Atenção Integral ao Deficiente (Paid), foram concedidos aproximadamente 66 mil equipamentos, como aparelhos auditivos, óculos, cadeiras de roda, bolsas de colostomia, entre outros produtos, beneficiando diretamente cerca de 1.100 usuários da rede estadual de saúde. Neste ano, de acordo com o secretário estadual de Saúde, Wilson Alecrim, a expectativa é que o número de concessões aumente em 6%, chegando a 70 mil equipamentos, entregues na Policlínica Codajás, onde o programa é executado.

Segundo o diretor da Policlínica Codajás, Fábio Manabu Shimizu, a ampliação prevista no quantitativo de equipamentos concedidos acompanha a crescente procura dos usuários pelo programa e segue, também, a orientação do governador Omar Aziz, de expansão do benefício. “O Paid é referência em atenção integral ao deficiente, não somente pela entrega de equipamentos, mas em virtude do atendimento especializado oferecido pela Policlínica Codajás, onde o usuário continua o tratamento com a equipe multiprofissional”, disse.

De acordo com informações do Relatório Anual de Atividades do Paid, apuradas pelo Centro de Processamento de Dados do programa, a capacidade de atendimento aumentou de 35 mil, em 2011, para 39 mil no ano passado. Três especialidades médicas (otorrinolaringologia, oftalmologia e ortopedia), juntamente com a psicologia, concentraram aproximadamente 20% do total de atendimentos.

Por isso, a supervisora do Paid, enfermeira estomaterapeuta Josenira Almeida, faz questão de destacar que a entrega dos equipamentos é apenas parte do processo e não o objetivo principal do programa. “Mais importante que a entrega dos instrumentos de auxílio às pessoas com deficiência, é a continuidade do tratamento. Todos os usuários beneficiados passaram por uma triagem da nossa equipe e, após receber o equipamento, eles são acompanhados e avaliados para verificar a adaptação do produto e a integralidade da saúde. Esse usuário também deve participar de ações educativas e socioculturais ao longo do ano”, frisou.

Distribuição – Do total de produtos entregues, a maior parte deles foi destinada a atender a necessidade prioritária de 604 usuários estomizados – pacientes portadores de estomia intestinal e urinária, que não podem deixar de usar as bolsas de colostomia e urostomia, itens utilizados diariamente no armazenamento dos resíduos fisiológicos. A concessão atendeu, ainda, a 178 pacientes com deficiência auditiva, 207 pessoas com problemas ortopédicos e ainda 76 usuários com limitações visuais.

A maioria dos usuários atendidos (83%) reside em Manaus, mas o Paid também atende pacientes oriundos de outras 33 localidades, inclusive de outros Estados, a exemplo do Pará e Roraima. Quanto ao interior do Amazonas, grande parte dos pacientes provém de Presidente Figueiredo, Iranduba, Manacapuru, Itacoatiara, Careiro Castanho e São Gabriel da Cachoeira.

Quanto à composição por sexo, o público predominante no Paid é o masculino, com 52% do total de usuários atendidos pelo programa. Em relação à faixa etária, a maior procura pelos atendimentos é do público com idade entre 41 e 60 anos, totalizando 30% de participação. Com 23% e 17% aparecem, respectivamente, as faixas-etárias de 19 a 40 anos e 61 a 70 anos.

Acesso – Para ter receber os equipamentos e ter acesso ao atendimento especializado é necessário realizar inscrição no Paid, por meio da apresentação dos seguintes documentos (original e cópia): carteira de identidade, registro de nascimento (se for menor), cartão SUS, CPF, comprovante de residência, encaminhamento médico com diagnóstico, n° do CID e boletim de alta. A Policlínica Codajás (Rua Codajás, 26, Cachoeirinha) funciona de segunda a sexta, das 7h às 17h.

Fonte: Secretaria de Estado de Saúde

Related Articles

Deixe uma resposta

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker