Educação

Projeto “Wi-fi nas escolas” quer internet em mais 60 unidades da rede estadual de ensino

Empresa-Processamento-Dados-Amazonas-Digital_ACRIMA20130416_0058_15O prazo para a finalização dessa etapa é de 60 dias, de acordo com a Prodam.

A empresa de Processamento de Dados do Amazonas (Prodam), iniciou na segunda-feira (15) mais uma etapa de implantação do projeto “Wi-fi nas escolas”, que permite acesso gratuito à internet nas unidades de ensino do Estado. Nesta fase, mais 60 escolas receberão a infraestrutura da rede de acesso.

Nove escolas de Manaus já estão com acesso à internet garantido. Em mais 25 escolas unidades, o sistema está em fase de homologação, mas o sinal já está sendo disponibilizado. A meta do Governo do Estado é implantar o projeto nas 230 escolas da rede estadual de Manaus neste ano. O sistema está sendo testado também na Escola Estadual Geny Passos, em Parintins, a 369 quilômetros de Manaus.

Amazonas Digital

O Amazonas Digital já conta com 55 pontos de acesso na capital e 209 no interior, incluindo órgãos de atendimento ao público e praças.

Os alunos têm acesso à internet com restrição a sites inadequados, como os de conteúdo adulto. Com o acesso facilitado, os professores poderão utilizar ferramentas como o diário de classe digital e o sistema automático de lançamento de notas, além de ter acesso a conteúdos programáticos.  A população do entorno das escolas poderá também ter acesso ao sinal de internet.

“Eles (alunos) poderão pesquisar conteúdo de apoio ao que está sendo passado em sala de aula. O professor poderá acessar essas informações a qualquer momento, tendo mais praticidade”, explicou Mário Ferreira, gerente de sistema de informação da Seduc.

Outros Pontos

Em Manaus, além das escolas, os usuários podem ter acesso à internet do Amazonas Digital em 55 locais diferentes, entre os quais estão todas as seis unidades do Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC), nove praças do Prosamim e sete centros de convivência da família. No interior do Estado, 15 municípios já estão sendo beneficiados pelo programa. As cidades se conectam à internet via satélite, compartilhando uma banda de 11 Mbps, sendo que em Presidente Figueiredo a conexão também ocorre via satélite.

Fonte: acritica

Related Articles

Deixe uma resposta

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker