Saúde

UPA Tabatinga trabalha prevenção de DSTs em Parada LGBT

A preocupação com a saúde dos moradores de Tabatinga vai além do atendimento médico ambulatorial na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município, vinculada a Secretaria de Estado de Saúde (Susam). Uma equipe multiprofissional montou um stand para atender os participantes da oitava Parada de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Travestis (LGBT) da cidade que aconteceu no último domingo.

IMG-20151109-WA0003

IMG-20151109-WA000222
Foram realizados testes rápidos para detecção de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) e aferição de pressão arterial, além de distribuição de preservativos. Os profissionais de saúde deram orientações para o público presente e esclareceram dúvidas sobre exames e procedimentos médicos necessários.
O secretário de estado de saúde, Pedro Elias de Souza, destaca a importância desse tipo de ação. “As doenças sexualmente transmissíveis, especialmente a Aids, são um grande problema de saúde pública no nosso estado e as ações educativas com certeza são o caminho mais viável”.
“Sempre buscamos ir junto à comunidade para falar de saúde. Este evento foi mais uma oportunidade de conscientizar as pessoas sobre a importância de manter a saúde em dia e evitar transtornos futuros. Levamos informação e cuidado para todos”, declarou a técnica de enfermagem da UPA, Érica Rita Braga Batista.
A parada LGBT, que este ano teve como tema “Aceitar é uma escolha sua, respeitar é dever de todos”, aconteceu em frente à sede da prefeitura e atraiu cerca de 3 mil pessoas. Em seguida, os participantes saíram em desfile pela Avenida Amizade, principal via de acesso do município.
A Coordenação Estadual de DST/Aids do Amazonas e Coordenação Municipal de DST/Aids de Tabatinga também apoiaram a ação. “Nosso evento tem o objetivo de frear o preconceito e fazer com que nossa escolha seja entendida e respeitada por todos. Temos nossos direitos, inclusive o direito de acesso à saúde. A iniciativa da UPA de vir até aqui, trazer cuidado e informação é muito benéfica, e me sinto satisfeito com essa atenção dada a nós”, ressaltou Fernando Santos, 28 anos, participante do evento.
Esta foi a oitava Parada Gay realizada na cidade. O evento foi organizado pela Associação de Gays, Lésbicas e Travestis na Tríplice Fronteira (AGLTTF) e foi a primeira vez que a UPA participou com um stand.
A UPA Tabatinga é uma unidade da rede estadual de saúde, gerenciada pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam) em parceria com o Instituto Novos Caminhos – Organização Social.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios