BrasilNovidades

Polícia procura por cinco suspeitos em caso de estupro coletivo no Rio

Após pedir a prisão de mais dois suspeitos de terem participado do estupro coletivo de uma menina de 16 anos, a Polícia Civil realizava diligências desde o início da manhã desta sexta-feira (3) para cumprir cinco mandados de prisão temporária.

Agentes da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (Dcav) estavam em diferentes partes da cidade procurando por Marcelo Miranda Correa, suspeito de divulgar as imagens, Sérgio Luiz da Silva Júnior, o “Da Rússia”, apontado como chefe do tráfico no Morro do Barão, e Michel Brasil da Silva, também suspeito de divulgar o vídeo.

A dupla que teve a prisão pedida nesta quinta-feira (2), segundo investigadores, pertenceria ao tráfico de drogas no Morro São José Operário, na região onde a adolescente de 16 anos foi abusada. Os procurados são conhecidos como Jeffinho e Moisés de Lucena, o Canário.

Jogador deve sair da prisão
O jogador do Boavista Lucas Perdomo Duarte Santos, 20 anos, um dos três presos por suspeita de ligação com o estupro coletivo da adolescente, deve sair do complexo penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste do Rio, no fim da manhã desta sexta-feira. “Vamos para o Fórum de Bangu por volta de 11h, e de lá vamos com o oficial de justiça para o complexo”, disse Eduardo Antunes, um dos advogados de Lucas.

A polícia deu parecer favorável para que ele seja solto junto à 2ª Vara Criminal de Jacarepaguá, que recebeu o pedido de revogação de ordem de prisão temporária, feito pela defesa de Lucas. De acordo com a delegada Cristiana Bento, responsável pelo caso, não há provas suficientes da participação de Lucas no crime. “Inocente eu acho que tá muito cedo para afirmar, mas até agora que a gente não teve provas suficiente da participação dele. Por isso eu tô pendido a liberdade dele. Ele continua sendo envolvido, mas no momento a mantença dele se torna desnecessária”, declarou Cristiana.

foto

Lucas foi preso na segunda-feira (30), quanto a polícia prendeu também Raí de Souza, de 22, apontado como responsável pelo registro das imagens da adolescente nua e desacordada que foram divulgadas na internet. Ambos foram levados na tarde desta quinta-feira para o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste.

Segundo Ronaldo Oliveira, chefe das Delegacias Especializadas do Rio de Janeiro, Raphael Assis Duarte Belo, de 41 anos, que se entregou à polícia nesta quarta-feira (1º), vai permanecer na Cidade da Polícia, na Zona Norte, para um possível novo depoimento.

Lucas foi preso enquanto dava uma entrevista num restaurante no Centro do Rio. Ele foi apontado como namorado da vítima. Raí se entregou à Polícia Civil também na segunda. Ele já havia afirmado aos investigadores ser o autor do vídeo que circulou nas redes sociais mostrando a adolescente nua e desacordada em uma cama.

Já dentro do carro que o levava para o presídio, Lucas Perdomo foi perguntado sobre se tem esperança de sair da prisão. “Esperança não, mas tenho fé”, disse ele.

Fonte: http://g1.globo.com/

Related Articles

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker