AmazonasNovidades

Políticos e prefeitos debatem a criação de uma nova universidade federal no Alto Solimões

Sob a chancela do prefeito de Benjamin Constant, David Bermeguy, e com a presença do senador Eduardo Braga (MDB), de deputados federais e estaduais, além de prefeitos e vereadores e secretários municipais de Educação, acontecerá, na sexta-feira (22), uma grande audiência pública na cidade de Benjamin Constant, para debater a criação de uma nova universidade federal no Alto Solimões.

O evento acontecerá no Ginásio Arnaldo Pires, no centro da cidade, com o início previsto para as 14 horas. Por telefone, David informou que autoridades da UEA (Universidade do Estado do Amazonas) e da UFAM (Universidade Federal do Amazonas) também participarão da audiência que tem o propósito de insistir, junto ao MEC (Ministério da Educação), na criação do novo centro de ensino superior no Alto Solimões conforme projeto original articulado no início da década de 2000.

Em 2008, o deputado estadual Belarmino Lins (PP) encampou a luta na Assembleia Legislativa juntamente com o seu irmão, deputado federal Átila Lins (PP), chegando a encaminhar documento ao ex-presidente Lula a respeito da questão. Depois, em 2011, Belão voltou à carga, encaminhando indicação à então presidente Dilma Rousseff.

Em 2016, durante a realização do I Seminário Municipalista da Assembleia Legislativa, idealizado por Belarmino Lins, o professor Edmilson Bruno, da Ufam, informou o avanço das tratativas sobre a nova universidade, mas com o projeto original alterado, apontando para uma instituição de ensino superior de caráter pan-amazônico e alcançando toda a calha do Rio Juruá. “Nós do Alto Solimões voltamos agora a essa luta porque queremos a nova universidade, mas uma universidade do Alto Solimões apenas, pois entendemos que só assim ela vingará e será algo fantástico, contemplando as demandas de mais de sete mil estudantes”, diz David Bermeguy.

Fonte: Blog da Floresta

Related Articles

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker