Brasil

Prazo da declaração do IR termina nesta terça-feira

A um dia do prazo final para a entrega da declaração do Imposto de Renda 2019, foram recebidas, até as 11h da última sexta-feira (26), pouco mais de 21 milhões de declarações. De acordo com a expectativa da Receita Federal, cerca de 9 milhões de brasileiros ainda não prestaram conta de seus rendimentos ao governo. A entrega deve ser feita até o dia 30 de abril. A grande novidade deste ano é a obrigatoriedade de informar o CPF das crianças. Agora, todos os dependentes do contribuinte devem ser declarados com essa informação.

A declaração é obrigatória para os contribuintes que receberam rendimentos tributáveis (salário, aposentadoria, aluguéis, por exemplo) em 2018, cuja soma foi superior a R$ 28.559,70.

Para os que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, como indenização trabalhista ou rendimento de poupança, por exemplo, cuja soma foi superior a R$ 40 mil, também é obrigatória a declaração do Imposto de Renda.

Caso o contribuinte esteja obrigado a declarar e não tenha toda a documentação ou não tenha tempo hábil para reunir todas as informações até o fim do prazo, ele pode fazer a declaração com o que tiver e depois corrigir, fazendo uma outra retificadora. O importante é não perder o prazo e não ser multado. O valor é de R$ 165,74, além de uma outra penalidade sobre eventual imposto devido. Nesse caso, a multa adicional poderá variar de 1% por mês de atraso até limite de 20%.

A orientação é do professor João Dantas, coordenador do projeto de atendimento gratuito (pede-se uma lata de leite em pó como doação) feito pelos alunos do curso de Ciências Contábeis da faculdade Martha Falcão/Wyden, que ocorre até às 17h do dia 30, na na sede da instituição de Ensino Superior, na Avenida Mario Ypiranga, zona centro-sul. “O contribuinte pode entregar uma declaração incompleta, com base nos dados que tem disponível, estimado mesmo, e corrigi-la depois”, explicou o professor.

Neste ano, o contribuinte tem duas alternativas para fazer a Declaração: por meio do Programa Gerador de Declaração (PGD) IRPF 2019, disponível no site da Receita Federal; e pelo aplicativo ‘Meu Imposto de Renda’, disponível para tablets e smartphones.

A expectativa é e que 30,5 milhões de contribuintes entreguem a declaração neste ano, o que significa que quase 9 milhões de pessoas ainda não apresentaram o documento.

Fonte: D24am

Related Articles

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker