Política

Prefeitos e deputados se posicionaram contra a tentativa do governador de tirar R$ 263 milhões de recursos do interior


Prefeitos do interior e deputados se posicionaram contra a tentativa do governador de cobrir rombo na saúde com recurso necessário para municípios.

Alguns deputados estaduais e prefeitos do interior do Amazonas prometeram lutar contra a pretensão do governador, Wilson Lima (PSC), de retirar R$ 263 milhões do Fundo ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Amazonas (FTI) para tentar amenizar o problema da saúde em Manaus.

De acordo com o presidente da Associação Amazonense de Municípios (AAM), Andreson Cavalcante, as prefeituras do interior do estado vão se mobilizar para não perder o recurso porque é uma verba necessária e que consequentemente vai fazer falta para os municípios.

ALE
A liderança do governo Wilson Lima na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) encaminhou na manhã dessa quarta-feira (13) para deliberação o Projeto de Lei que Regulamenta a Política Estadual de Incentivos Fiscais e Extrafiscais nos termos da Constituição do Estado.

No entanto, o projeto que usaria recursos do FTI foi retirado de tramitação e nem chegou a ser votado após os deputados Wilker Barreto (PHS), Dermilson Chagas (PP) e Felipe Souza (PHS) fazerem duras críticas a medida.

Parlamentar de oposição ao governo, Wilker Barreto afirmou que o governo está pedindo o recuso para aplicar na saúde mas não tem nenhum planejamento estratégico e portanto concede-lo seria rasgar dinheiro do contribuinte.

“Nós vamos rasgar dinheiro do contribuinte! Então, o governo do Amazonas tem obrigação de apresentar à Assembleia um planejamento estratégico para enfrentar o problema, se não vai ser uma medida paliativa e não vai resolver o problema”, completou. “Eu apoiaria os recursos do FTI se eu enxergasse do governo um planejamento de enfrentamento da crise na saúde. O que o governo quer é um cheque em branco. Na minha opinião, o governo errou também lá atrás e o que nós queremos é enxergar o horizonte, saber que vamos ver um governo enfrentando o problema, e não um gastador inveterado que está pedindo mais dinheiro sem nenhum planejamento”, destacou Wilker.

Fonte: AMPost

Related Articles

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker