EducaçãoNovidades

Sinteam decide pelo fim da greve dos professores do Estado

Após 40 dias, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas (Sinteam) decidiu, durante assembleia geral, neste sábado (25), oficializar o fim da greve dos professores do Estado. A decisão veio um dia após a Asprom Sindical, outra entidade de representatividade da categoria, também decidir pelo fim da paralisação.

De acordo com o sindicato, será encaminhada uma proposta de calendário de reposição de aulas, nesta segunda-feira (27), para a Secretaria de Estado de Educação (Seduc). Ao todo, precisam ser repostos 26 dias de aula.

Ainda na última quinta-feira (23), a Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE) aprovou, por unanimidade, o Projeto de Lei (PL) nº 293/2019 que reajusta em 4,73% a remuneração de todos os servidores da Educação no Amazonas, retroativo a 1º de março de 2019.

Além disso, aprovou a extensão do vale-transporte para servidores com carga de 40 horas e 60 horas, aumento no auxílio-localidade de R$ 80 para trabalhadores da sede e R$ 120 para os da zona rural, reajuste no vale-alimentação de R$ 450 para todos os servidores, pagamento das progressões horizontais e verticais, desistência, por parte do governo, da ação judicial contra sindicato e trabalhadores e a elaboração de um calendário único para reposição das aulas.

“Tivemos avanços, sim. Não do jeito que queríamos. Vencemos uma batalha. A guerra ainda não. Nada foi fácil. Se não fosse a Assembleia Legislativa nada disso seria possível porque o governo virou as costas para a nossa categoria”, afirmou Ana Cristina, presidente do Sinteam.

Fonte:D24am

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios