AmazonasNotícia Local

Cinco municípios do Amazonas sobem de categoria no Mapa do Turismo

O Ministério do Turismo atualizou a categorização dos municípios que compõem o Mapa do Turismo Brasileiro. De acordo com a nova categorização, cinco municípios do Amazonas tiveram crescimento econômico pelo setor – Careiro, Humaitá, Maués, Novo Airão e Tabatinga – seja por terem aumentado o número de empregos através do turismo, ampliado os estabelecimentos formais de hospedagem ou o fluxo de turistas domésticos e internacionais. A informação foi divulgada no dia 16.

Os cinco municípios amazonenses passaram da categoria ‘D’ para a ‘C’. O Amazonas também se destaca entre os estados brasileiros por não ter tido nenhum município com redução em suas categorias.

“Importante ressaltar que a categorização é um processo dinâmico e perene que, assim como o Mapa do Turismo Brasileiro, deverá ser atualizado e aperfeiçoado periodicamente”, diz o Ministério.

Segundo portaria 39/2017 do MTur, somente municípios classificados entre ‘A’ e ‘D’ podem pleitear apoio a eventos geradores de fluxo turístico. De acordo com a nova categorização, as cidades de Careiro, Humaitá, Maués, Novo Airão e Tabatinga agora podem contar com até R$ 400 mil por ano para realização de festejos.

Todos os municípios – de ‘A’ a ‘E’ -, estão aptos a pleitear recursos de infraestrutura, como construção de estradas e rodovias de interesse turístico; de orlas e terminais fluviais, lacustres ou marítimos; reforma de terminais rodoviários intermunicipais e interestaduais, de aeroportos, de ferrovias e estações férreas de interesse turístico; sinalização turística, entre outros.

O FESTISOL

O Festival Internacional de Tribos do Alto Solimões – Festisol é um grande evento cultural, realizado pela Prefeitura Municipal de Tabatinga, reúne a disputa entre as onças pintadas (representada pela cor vermelha) e da onça preta (representada pela cor azul). No “onçodromo” cada agremiação tenta mostrar o seu melhor quanto a alegorias, coreografias e animação das torcidas para cativar os julgadores dos itens observados. Isso se traduz num belo espetáculo de cores e de ritmos que encanta a todos que participam.

O evento conta com apresentações folclóricas, atrações locais, nacionais e internacionais vindas da Colômbia e do Peru e se propõe resgatar, divulgar, premiar e incentivar a cultura e o talento do caboclo amazônico que vive distante dos grandes centros populacionais, o qual possui uma grande capacidade criativa de vencer desafios. Além disso, o Festisol promove a interação dos 09 (nove) municípios do Alto Solimões e cidades dos países vizinhos: Letícia – Colômbia e Santa Rosa – Peru. Buscando mostrar com originalidade as lendas e os rituais dos povos indígenas da região.

Mais de 20.000 pessoas são estimadas para assistir e prestigiar o festival cultural do Alto Solimões, na maioria turistas.

Fonte: http://www.turismo.gov.br/

Related Articles

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker