BrasilNovidades

Veja os 18 motivos por que a Copa do Mundo 2018 será inesquecível

Mundial terá estreias, retornos após várias edições, despedidas e chance de ouro para jogadores que buscam o prêmio de melhor do mundo

  1. Neymar disputará seu segundo mundial e terá a chance de ganhar o maior título de sua carreira, aumentando as chances de realizar seu sonho de ser o melhor do mundo

  1. Após bater na trave com o vice diante da Alemanha em 2014, Lionel Messi disputará sua quarta Copa do Mundo aos 30 anos, com o sonho de levantar a taça na Rússia
  2. O melhor jogador do mundo dos últimos dois anos chega empolgado à Copa após conquistar a Eurocopa de 2016 com Portugal e a Liga dos Campeões pelo Real Madrid nos últimos dois anos
  3. Em temporada brilhante pelo Liverpool, finalista da Champions League e eleito o melhor jogador da Premier League, o egípcio Salah terá a chance de disputar sua primeira Copa, trazendo o Egito de volta ao Mundial após 28 anos
  4. O capitão e autor do gol do título da Espanha em 2010 já se despediu do Barcelona e confirmou que a Copa da Rússia será sua última competição pela seleção
  5. Thomas Muller tem 10 gols em Copas e, com sua média superior a um tento por jogo, tem tudo para rivalizar com Klose na lista dos maiores artilheiros da história do torneio
  6. Titular absoluto da Bélgica na Copa de 2014, o meia belga não havia se encontrado no cenário europeu à época. Após a Copa, brilhou pelo Wolfsburg (Alemanha) e seguiu brilhando no Manchester City (Inglaterra), e vem de grande temporada, coroada com o título e o recorde de 100 pontos na Premier League
  7. Após insatisfação dos torcedores com técnicos anteriores, Tite ajeitou a seleção brasileira e chega à Copa do Mundo invicto em competições oficiais, com grande expectativa para o torneio
  8. Ainda sob o comando de Joachim Löw, a seleção da Alemanha, campeã em 2014, semifinalista da Eurocopa 2016 e campeã da Copa das Confederações em 2017 chega à Rússia mesclando novos jogadores com os campeões do mundo
  9. A reformulada seleção espanhola conta com o talento de Thiago Alcântara, Isco e do jovem Marco Asensio para deixar para trás a eliminação na primeira fase da Copa de 2014 e a queda nas oitavas de final da Eurocopa 2016. Sem Xavi e com a iminente despedida de Iniesta, a “Roja” pode fazer bonito
  10. A França chegou à final da Eurocopa de 2016 como favorita, sendo derrotada por Portugal. Agora, com maior experiência de seus jovens, como Griezmann e Pogba, a França pode chegar longe na Copa
  11. Com a experiência de chegar às quartas-de-final na Copa de 2014, e com seus principais jogadores ganhando tempo de jogo em grandes times na Europa, a “geração belga” tem a chance de chegar despontar
  12. Sem Hart, Lampard, Gerrard e Rooney, a seleção inglesa apresenta novos nomes como o goleiro Pickford, Dele Alli, Sterling, Rashford e Harry Kane, e geram grande expectativa dos torcedores ingleses
  13. A Islândia, país com pouco mais de 330 mil habitantes, surpreendeu na Euro 2016, chegando às quartas-de-final, desbancando a Inglaterra. O Panamá desbancou a hegemonia dos Estados Unidos na América do Norte e Central. Ambos farão suas estreias com histórias emocionantes e podem cativar o público
  14. Kylian Mbappé, Delle Alli, Harry Kane, Leroy Sané, Gabriel Jesus, Ousmane Dembélé, Marco Asensio. Estes são alguns dos jovens que podem se destacar na Copa da Rússia, já garantindo holofotes em seus respectivos clubes
  15. As construções russas possuem design e arquitetura diferenciados, com uma beleza particular, cativando torcedores e turistas, seja para os que virem nas telinhas ou para quem for conferir a Copa de perto
  16. Os estádios da Rússia serão um atrativo aos torcedores. Com tecnologia avançada e designs diferenciados, as instalações enchem os olhos dos torcedores
  17. O argentino tem 30 anos e o português, 33. Messi já se aposentou uma vez da Argentina e foi convencido de voltar pelo técnico Sampaoli. Cristiano, mais velho, pode não manter o ritmo para 2022

Fonte: R7

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios