Novidades

Controle de infecção hospitalar no Amazonas terá reforço de laboratórios em unidades da capital e do interior‏

O Governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado da Saúde (Susam), vai instalar laboratórios exclusivos para o controle e prevenção de doenças provocadas por infeções hospitalares. A novidade foi anunciada nesta quinta-feira, 25 de outubro, pelo secretário de Saúde do Estado, Wilson Alecrim, na abertura do curso “Segurança do Paciente: uma visão multiprofissional”, que acontece até sábado no Auditório Vânia Pimentel, na Faculdade Nilton Lins, Parque das Laranjeiras, zona centro-sul.

De acordo com o secretário, o curso, destinado à atualização de profissionais da saúde, principalmente aos que trabalham no controle de infecção, atende uma das fases de implantação dos laboratórios, que devem estar funcionando até o final deste ano em Manaus e nos municípios de Itacoatiara, Manacapuru e Tabatinga.

“Nossa estratégia é instalar nas unidades de saúde estaduais (capital e interior) um laboratório dotado de equipamentos modernos capazes de identificar com precisão e agilidade bactérias e microrganismos responsáveis por infecções hospitalares. E, a partir desta estrutura, prevenir e reduzir o número de mortes por essas doenças”, disse Alecrim, antecipando que em Manaus os laboratórios serão instalados em hospitais como os da Fundação de Medicina Tropical, Fundação Cecon e Hospital Adriano Jorge.

A medida é preconizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e está sendo conduzida pela Susam com apoio da Fundação de Vigilância em Saúde do Estado (FVS/AM), por meio da Comissão Estadual de Controle de Infecção Hospitalar do Amazonas (Ceciha/FVS).

 O secretário de Saúde do Interior, Evandro Melo, disse que os municípios do Amazonas entram como prioridade para o controle de infecções. A partir do ano que vem, a meta é implantar laboratórios também em Eirunepé, Humaitá, Lábrea, Parintins e Tefé.

 “A determinação do governador Omar Aziz é a de fazermos com que a qualidade do atendimento no interior seja igual a da capital”, disse Evandro Melo. Para ele, se todos os municípios estão dotados de serviços de cirurgia e internação, é indispensável que também tenham um laboratório de combate e controle de infecção.

Segundo Evandro Melo, outra estratégia da Susam é capacitar recursos humanos para que eles possam se tornar multiplicadores no interior do Estado. Em novembro, a secretaria promove outro pacote de cursos na área de infecção hospitalar, desta vez para bioquímicos e técnicos de laboratório. “Com mão de obra qualificada e equipamentos modernos a meta é diminuir pelo menos 30% os índices de infecção hospitalar tanto na capital quanto no interior”, pontuou.
FOTOS: NONATO DUARTE

Agência de Comunicação do Amazonas
(92) 3303 8372 / (92) 3303 8368
www.amazonas.am.gov.br
twitter.com/governoamazonas
youtube.com/governodoamazonas

Related Articles

Deixe uma resposta

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker